terça-feira, 16 de março de 2010

Sexta feira

Era uma sexta feira longa, cansada, e a semana ainda não acabara.

Um menino e uma menina sentam-se no café de sempre, com o garçom de sempre, fazem os pedidos de sempre. E como sempre acham que é único.

Hoje, porém, tiveram uma surpresa: no outro canto, não querendo aparecer, sentava uma menina lendo. Ela já os tinha notado, e aquela leitura forçosamente compenetrada dava a entender que não queria saber dos dois.

"Meu livro", lembrou-se de repente a menina, e levantou-se para resgatá-lo.

Cumprimentou-a, e aproveitou-se da quebra do gelo para sentar-se à mesa.

Conversaram bastante, com pausa apenas quando a menina voltou à própria mesa para comer.

"Vai demorar ainda?", "Não sei... Sabe como eu sou, não consigo só pedir o livro e ir embora.", "É, eu sei... Bom, não demore."

E foi para a outra mesa, onde agora eram quatro meninas sentadas. As quatro se ignorando, ou pelo menos é o que parecia. As duas que chegaram para acompanhar a outra menina nem se falavam, dava para ver que só estavam ali por ela, e agora ela tivera de dar atenção àquela menina, provavelmente quem ela menos gostaria de ter encontrado.

Apesar de tudo, a conversa fluiu. Conversaram muito até, em uma grande troca de falsidades, uma cúmplice da outra, ambas culpadas, quem sabe mais, quem sabe menos.

A menina voltou para a mesa, precisava de um tempo para se recuperar. Os dois começaram a discutir trivialidades, e era quando justamente pesavam em ir embora que a outra menina veio até eles e, secamente, disse que não estava com o livro dela.

Foi embora mal se despedindo, o sobre-tudo vermelho fingindo um ar de superioridade duvidável, e também os dois se foram, com o encontro já esquecido.

6 comentários:

  1. Gui, porra. postei porque você me torrou a paciência e você nem olha!

    ResponderExcluir
  2. Oi,eu vi sim, calma hehehe. Um novo estilo?

    ResponderExcluir
  3. Na verdade foi pra aula de português, a Sandra queria que a gente copiasse Clarice, e agora eu ainda preciso escrever um tipo Rosa. aiai... hahaha.

    ResponderExcluir
  4. Axo que ficou um pouco confuso =P, tive que ler 2 vezes pra entender. Mas as vezes sou eu que sou burro mesmo, vao saber.

    ResponderExcluir
  5. É, eu perguntei sobre o estilo porque também achei meio confuso...

    ResponderExcluir
  6. É, eu odeio usar nomes, mas colocar duas meninas desse jeito realmente deixa um pouco confuso.
    Mas às vezes eu gosto dessa confusão, de não dar pra saber exatamente quem está o que.

    ResponderExcluir